top of page
  • Foto do escritorSite Instituto

Clareamento dental caseiro ou clareamento em consultório: qual a melhor opção?


Ilustração clareamento dental

O clareamento dental é um tratamento estético usado para clarear a cor dos dentes. Atualmente, é um dos mais procurados pelas pessoas que estão insatisfeitas com isso.

Embora seja um tratamento muito buscado atualmente, ainda há muitas dúvidas dos pacientes sobre o assunto: Será que ele funciona? Quanto tempo dura? Dói muito? Há restrição alimentar durante o tratamento? E, afinal, qual a melhor técnica? Continue lendo para descobrir!

Como pode ser feito o clareamento dental?

Existem, basicamente, 2 técnicas para clarear dentes vitais (aqueles que não têm tratamento de canal), que são clareamento caseiro e clareamento em consultório.


Clareamento dental caseiro

É a técnica considerada mais prática por não ser realizada em consultório. O paciente leva as moldeiras para casa e realiza o tratamento (seguindo as recomendações previamente passadas pelo dentista). O gel clareador é colocado diretamente na moldeira, que é então encaixada nos dentes.

Existem duas maneiras de realização do tratamento:


• Uso noturno: aquele em que o paciente dorme com a moldeira e retira ao acordar.

• Uso diurno: A moldeira é usada durante o dia por períodos que variam entre 30 minutos a 2 horas.


O protocolo de realização do tratamento varia de acordo com a sensibilidade gerada nos dentes, o grau de escurecimento e a preferência de horário do paciente. A quantidade de gel também varia de caso para caso. Os clareadores com maior concentração costumam gerar mais sensibilidade dentária, mas também clareiam mais rápido e o tratamento dura menos. Portanto, essa escolha do protocolo é individual para cada paciente.


Clareamento dental em consultório

Antigamente conhecido como clareamento a laser, é a técnica em que o dentista realiza o procedimento dentro do consultório.

Primeiro é feito o preparo da boca e proteção da gengiva, logo depois o gel clareador é aplicado diretamente sobre os dentes sem as moldeiras. O gel permanece em torno de 45 minutos na boca, e então é removido.


Clareamento dental caseiro ou clareamento em consultório: qual a melhor opção?


O clareamento dental é um tratamento estético usado para clarear a cor dos dentes. Atualmente, é um dos mais procurados pelas pessoas que estão insatisfeitas com isso.

Embora seja um tratamento muito buscado atualmente, ainda há muitas dúvidas dos pacientes sobre o assunto: Será que ele funciona? Quanto tempo dura? Dói muito? Há restrição alimemtar durante o tratamento? E, afinal, qual a melhor técnica? Continue lendo para descobrir!

Como pode ser feito o clareamento dental?

Existem, basicamente, 2 técnicas para clarear dentes vitais (aqueles que não têm tratamento de canal), que são clareamento caseiro e clareamento em consultório.


Clareamento dental caseiro

É a técnica considerada mais prática por não ser realizada em consultório. O paciente leva as moldeiras para casa e realiza o tratamento (seguindo as recomendações previamente passadas pelo dentista). O gel clareador é colocado diretamente na moldeira, que é então encaixada nos dentes.

Existem duas maneiras de realização do tratamento:


• Uso noturno: aquele em que o paciente dorme com a moldeira e retira ao acordar.

• Uso diurno: A moldeira é usada durante o dia por períodos que variam entre 30 minutos a 2 horas.


O protocolo de realização do tratamento varia de acordo com a sensibilidade gerada nos dentes, o grau de escurecimento e a preferência de horário do paciente. A quantidade de gel também varia de caso para caso. Os clareadores com maior concentração costumam gerar mais sensibilidade dentária, mas também clareiam mais rápido e o tratamento dura menos. Portanto, essa escolha do protocolo é individual para cada paciente.


Clareamento dental em consultório

Antigamente conhecido como clareamento a laser, é a técnica em que o dentista realiza o procedimento dentro do consultório.

Primeiro é feito o preparo da boca e proteção da gengiva, logo depois o gel clareador é aplicado diretamente sobre os dentes sem as moldeiras. O gel permanece em torno de 45 minutos na boca, e então é removido.


O clareamento funciona? Qual técnica é mais efetiva?


Os dois tratamentos costumam ter resultados efetivos, clareando verdadeiramente os dentes.Dentes naturalmente escurecidos costumam aderir melhor ao clareamento.


Qual técnica é mais rápida? Quanto tempo demora para clarear os dentes?

Os efeitos do clareamento dental caseiro e em consultório podem começar a ser vistos já na primeira semana de tratamento.

A técnica mista, onde são combinados o tratamento caseiro e o uso caseiro, é o combo perfeito para quem quer resultados rápidos.

O clareamento dental caseiro costuma demorar de 4 a 6 semanas. Uma maior concentração do gel clareador pode clarear os dentes mais rápido, mas isso também pode aumentar a sensibilidade. Por isso, a avaliação do dentista especializado é fundamental para que seja escolhida a melhor estratégia.

O clareamento de consultório é feito por sessões, cujo número varia em função do grau de escurecimento e desejo do paciente. Em geral, 3 a 4 sessões com intervalo de uma semana entre elas costumam proporcionar ótimos resultados.


Quanto dura o clareamento?

O clareamento dental pode durar por anos. Existem estudos indicando que o caseiro teria melhores resultados em relação à estabilidade da cor a longo prazo. Alguns dos fatores que podem afetar a duração são os hábitos de higiene, alimentares e também o hábito do fumo.


E quanto à sensibilidade dentária, qual técnica dói mais?

O clareamento causa sensibilidade dentária em ambas as técnicas. Geralmente, o clareamento em consultório costuma deixar os dentes mais sensíveis, pois quanto mais concentrado o gel clareador, maior o risco de sensibilidade. No caso do clareamento caseiro, é possível alterar a concentração do gel clareador, o que pode reduzir a sensibilidade (que é temporária) em um certo grau. Existem formas de reduzir esse desconforto, tais como:


  • Uso de pastas para dentes sensíveis;

  • Bochecho de solução fluoretada.

  • Uso de gel dessensibilizante;

  • Evitar alimentos ácidos como o consumo de frutas cítricas, refrigerantes, bebidas alcoólicas, bebidas gaseificadas, etc.


Quais as restrições durante o clareamento dental caseiro e de consultório?


No clareamento caseiro é importante evitar alimentos ácidos como frutas cítricas e bebidas alcoólicas. Além disso, é importante limitar o uso de alimentos corados como vinho tinto, café, ketchup, suco de uva e chás escuros, para que não interfiram no resultado do clareamento. No clareamento em consultório, o consumo de alimentos corados também deve ser limitado, principalmente nas 24h após a sessão.

Nas duas técnicas fumar não é indicado, pois fumar é um dos hábitos que mais escurecem os dentes, podendo afetar o resultado durante e depois do tratamento.

Para descobrir qual técnica de clareamento dental é ideal para você, agende uma consulta. O profissional avaliará quais são as suas necessidades e vontades para só então indicar o melhor tratamento, te ajudando a conquistar um sorriso mais bonito e harmônico.


Quanto dura o clareamento?

O clareamento dental pode durar por anos. Existem estudos indicando que o caseiro teria melhores resultados em relação à estabilidade da cor a longo prazo. Alguns dos fatores que podem afetar a duração são os hábitos de higiene, alimentares e também o hábito do fumo.


E quanto à sensibilidade dentária, qual técnica dói mais?

O clareamento causa sensibilidade dentária em ambas as técnicas. Geralmente, o clareamento em consultório costuma deixar os dentes mais sensíveis, pois quanto mais concentrado o gel clareador, maior o risco de sensibilidade. No caso do clareamento caseiro, é possível alterar a concentração do gel clareador, o que pode reduzir a sensibilidade (que é temporária) em um certo grau. Existem formas de reduzir esse desconforto, tais como:


  • Uso de pastas para dentes sensíveis;

  • Bochecho de solução fluoretada.

  • Uso de gel dessensibilizante;

  • Evitar alimentos ácidos como o consumo de frutas cítricas, refrigerantes, bebidas alcoólicas, bebidas gaseificadas, etc.


Quais as restrições durante o clareamento dental caseiro e de consultório?


No clareamento caseiro é importante evitar alimentos ácidos como frutas cítricas e bebidas alcoólicas. Além disso, é importante limitar o uso de alimentos corados como vinho tinto, café, ketchup, suco de uva e chás escuros, para que não interfiram no resultado do clareamento. No clareamento em consultório, o consumo de alimentos corados também deve ser limitado, principalmente nas 24h após a sessão.

Nas duas técnicas fumar não é indicado, pois fumar é um dos hábitos que mais escurecem os dentes, podendo afetar o resultado durante e depois do tratamento.


Para descobrir qual técnica de clareamento dental é ideal para você, agende uma consulta. O profissional avaliará quais são as suas necessidades e vontades para só então indicar o melhor tratamento, te ajudando a conquistar um sorriso mais bonito e harmônico.



Dra Iasmyne Lamonier

CRO 122561/SP


27 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page